(11) 4249-2545 (11) 97023-3830

Como evitar recaídas na dependência química


Como evitar recaídas na dependência química

Como evitar recaídas na dependência química ? Essa é a grande pergunta e medo de muitos dependentes químicos após o tratamento. Como a doença é incurável, o paciente precisa viver se policiando para não ter uma recaída drástica. Alguns consideram uma verdadeira tortura viver assim se policiando. Mas seguindo alguns cuidados, evitar a recaída se tornará um hábito.

Neste artigo, vamos fornecer dicas práticas para te ajudar a evitar as recaídas tanto nas drogas como no alcoolismo. Existem muitas estratégias e meios e, inclusive você pode encontrar o seu e buscar o que faz mais sentido para você. O importante é não desanimar. Com o tempo, seguindo as dicas de forma consistente e persistente você nem perceberá que convive com a possibilidade de ter uma recaída.

1.Não vá a lugares onde terá a droga

Uma das maneiras de como evitar recaídas na dependência química é evitar ir em lugares onde você sabe que terá a presença de álcool ou drogas. Mesmo depois de anos de tratamento o seu organismo ainda reconhece a substância. Os seus sentidos já estão acostumados com a droga. A doença não tem cura, o jeito é lidar com ela e evitar ao máximo o encontro com a substância.

2.Não fique perto de pessoas que usam drogas

Por mais doloroso que seja, evitar estar com pessoas que fazem uso de drogas é fundamental. É claro que você não vai cortar seu laços sociais , muito menos excluir as pessoas da sua vida. Mas é preciso entender que, independente da conduta, princípios e valores que o outro tenha, ele sempre vai te oferecer uma dose. Como você sabe que a substância é boa, será difícil resistir à tentação.

3.Faça projetos

Entre as formas de como evitar recaídas na dependência química e no alcoolismo uma delas é fazer projetos de vida. Faça planos, estabeleça metas, objetivos, sonhe! Quando você tem um objetivo você vai fazer de tudo para alcança-lo e vai evitar tudo aquilo que possa atrapalhar os seu planos. Consequentemente, você terá a consciência de que se voltar ao consumo de drogas, isso poderá dificultar a realização de seus projetos.

4.Não tome o primeiro gole

Muitos pensam “ah só um gole não tem problema! Já estou curado! Fiz um bom tratamento!” . Se alguém te disse isso ou até mesmo você acredita nesta afirmação, não caia nessa! Como a dependência química é uma doença que não tem cura, basta o primeiro gole para a pessoa ter uma forte recaída. E mais: a segunda recaída tende a ser pior do que o primeiro estado. Por isso, evite o primeiro gole!

5.Não fique sozinho

Uma dica valiosa de como evitar recaídas na dependência química é não ficar sozinho. Os momentos de solidão são importantes para reflexões sobre a própria vida. Mas no caso do dependente químico esses momentos podem ser destrutivos. Isso porque pensamentos podem invadir o indivíduo quando este estiver sozinho e o mesmo pode se sentir tentado a recorrer a bebida e as drogas.

6.Ocupe seu tempo

A última dica mas não menos importante é ocupar seu tempo com atividades que você gosta. O tempo de ociosidade não é bom para quem tem problemas com a dependência química. Procure desenvolver novos hábitos, invista seu tempo em descobrir novos hobbies. Isso irá ampliar o seu olhar tirando o foco da doença.

Agora que você tem estas dicas de como evitar recaídas na dependência química, não deixe o seu problema se agravar conte com o Projeto Brasil sem Drogas!

Precisa de ajuda?